Atriz mirim Lorena Queiroz faz única apresentação em Salvador

lorenaConhecida nacionalmente por interpretar a protagonista Dulce Maria na novela infantil Carinha de Anjo (SBT), a atriz, modelo e cantora Lorena Queiroz chega a Salvador para única apresentação de seu pocket show no dia 13 de outubro, às 17h, na Sala Principal do Teatro Castro Alves.

Além de atuar, Lorena é conhecida pelo público infantil por hits como “Meu Nome é Lorena”, “Arco-Íris”, “Não Tenho Medo de Nada” e “Algodão Doce e Guaraná”. Estes e outros sucessos serão apresentados ao público baiano. O evento, que conta com apresentação de Monique Sgrancio, terá ainda a participação da atriz, modelo e cantora Lanara Prado, também revelada na novela do SBT.

Após a apresentação, com forte interação com o público, Lorena receberá 70 fãs no camarim para tirar fotos. Os ingressos estarão disponíveis a partir de quinta-feira (30) na bilheteria do TCA, SACs Barra e Bela Vista e site Ingresso Rápido.  As entradas vão variar de R$ 40 a R$ 120.

Sobre Lorena Queiroz

Nascida em Pedreira, interior de São Paulo, Lorena Queiroz iniciou sua carreira aos 4 anos como modelo pelo Projeto Passarela. Em seguida, recebeu o maior prêmio ao representar sua cidade no Miss São Paulo e ficou entre as 5 melhores do Brasil, com o título de Miss Brasil Fotogenia.

Foi revelada nacionalmente ao interpretar a protagonista Dulce Maria na novela infantil Carinha de Anjo (SBT). Além de TV, já atuou no cinema e teatro e lançou os livros “A Festa de Lorena Queiroz”, “O Diário de Dulce Maria” e “Carinha de Anjo”.

Lorena é um sucesso também nas redes sociais, onde já conquistou mais de 3 milhões de seguidores no Instagram, tem mais de 710 mil inscritos em seu canal no YouTube e 360 mil curtidas em sua página no Facebook.

Local: SALA PRINCIPAL do TCA
Data: 13/10/2018 às 17h
Classificaç
ão: Livre
Lotação:
 1.554 Lugares
Valores: Entre R$40,00 e R$60,00
CRIANÇAS DE 0 A 12 ANOS PAGAM MEIA-ENTRADA.

Meia Entrada: Válida para estudantes, idosos, pessoas com deficiência e jovens de 15 a 29 anos comprovadamente carentes, conforme Lei nº 12.933 de 26 de dezembro de 2013 e Decreto 8.537, de 5 de dezembro de 2015.

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *