Verão Eco Parque Sauípe é opção de lazer nas férias

sauipeNo período de 13 de janeiro a 26 de fevereiro de 2017, o Eco Parque Sauípe abrirá suas portas para a realização da terceira edição do “Verão Eco Parque Sauípe”. O projeto é promovido pelo Instituto Fábrica de Florestas e patrocinado pela Braskem e Cetrel, que também são mantenedoras do Instituto. Aproveitando as férias escolares, o espaço funcionará de sexta a domingo, das 9h às 16h30, com parede de escalada, tirolesa, falsa baiana, passeios de caiaque e trilhas, além redário – espaço de relaxamento em redes. O parque abriga ainda uma exposição do artista plástico Bel Borba e dispõe de estacionamento gratuito até às 17h.

A taxa de manutenção para visitação ao Parque é de R$ 20 por pessoa. O visitante tem a opção de adquirir o combo com uma entrada e a realização de quatro atividades por R$ 50. Crianças até cinco anos, idosos e integrantes da Braskem, Cetrel e Odebrecht pagam meia entrada (R$ 10). Os ingressos podem ser adquiridos no local ou no Shopping da Bahia, segundo piso. O pagamento pode ser realizado em dinheiro ou cartões de crédito e débito. Mais informações pelos telefones: (71) 99957-0649 e 98117-3656 ou pelo e-mail: vep@fabricadeflorestas.org.br.

 

Criado em 1998, com o objetivo de estimular a conservação dos ecossistemas e fomentar a educação ambiental, o Eco Parque Sauípe protege uma área de 66 hectares na região de transição de dois ecossistemas do bioma Mata Atlântica (a floresta e a restinga), além de produzir mudas de espécies nativas utilizadas no reflorestamento e recomposição de áreas degradadas nos estados da Bahia, São Paulo e Rio de Janeiro. O local tem lagoas, nascentes, variedade de árvores, diversas espécies de animais nativos, como o jacaré de papo amarelo e macaco prego, e  trilhas. A estrutura inclui casa de farinha onde a comunidade comercializa beiju de tapioca, além de lanches naturais e um restaurante com comida caseira. O parque abriga a Estação Ambiental Braskem e o Museu de História Natural da Cetrel, com os Núcleos de Arqueologia e de Ciências Naturais.

Museu de História Natural Cetrel

O espaço conta com os núcleos de Arqueologia e de Ciências Naturais, com um acervo de cem utensílios que reproduzem a história da ocupação humana na região, com vestígios de tribos nômades que viveram há mais de três mil anos. Também oferece uma coleção de 380 animais Taxidermizados, de 180 espécies diferentes, que ilustram os diversos ecossistemas brasileiros.

Estação Ambiental Braskem

A Estação Ambiental Braskem visa contribuir para a educação ambiental de jovens e crianças, com foco nos moradores das comunidades vizinhas do Polo Industrial de Camaçari. O espaço já foi visitado por quase 29 mil pessoas, sendo 80% desse público composto por estudantes de escolas públicas e privadas. A estação tem 750m² de área construída e é distribuído em três módulos. O primeiro, Espaço Braskem, é dedicado às aplicações e ciclo do plástico e à sustentabilidade, com destaque para o PE verde, resina plástica produzida a partir do etanol de cana-de-açúcar, uma matéria-prima 100% renovável. O segundo módulo é o Espaço Interativo da Sustentabilidade, composto por ambientes que representam partes de uma casa, como sala, banheiro e cozinha. São simuladas diversas atividades do dia a dia, como elas impactam o meio ambiente e algumas soluções para que o uso de recursos naturais seja mais consciente. Já o terceiro e último módulo é o Viveiros Escola, onde os visitantes recebem informações sobre botânica, produção e plantio de mudas nativas da Mata Atlântica e conservação das florestas. A equipe é multidisciplinar, formada por Biólogo, Engenheiro Florestal e Viveiristas.

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *